segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Making Off produzido pelos alunos na oficina de multimídia.

Aqui você pode ver o Making Off produzido pelos alunos na oficina de multimídia da Escola Raio de Luz.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Laboratório de Informática Educativa - Vídeo das Regras




Minha aspiração, como professora de Informática Educativa, por incentivar meus alunos a produzir esse vídeo é proporcionar aos alunos participantes, momentos de reflexão sobre os diversos significados envolvidos no presente tema e com isso contribuir para o desenvolvimento de indivíduos capazes de se auto-conhecerem como criadores e administradores de sua aprendizagem, como autores de seu percurso.
Espera-se que essas atividades contribuam para que eles desenvolvam a capacidade de um pensar mais criativo, de analisar teorias e confrontar hipóteses, de buscarem informações onde quer que elas estejam.
Para tanto, foi usada a estratégia de problematizar os alunos, criar situações de aprendizagem, estimular ações para a construção de conhecimentos, lhes propiciarem o pensar em seus atos levando-os a descobrir as coisas por si mesmo se auto-organizar, reestruturar, reequilibrar.

Pretende-se que essa oficina propicie aos alunos participantes a serem autores das informações criadas, ou seja das regras do laboratório de informática.
Com a publicação do vídeo no blog da oficina eles desenvolvam a cultura de cooperar com o próximo e compartilhar conhecimentos com todos a sua volta.
Pensando nesse contexto e pensando em transformá-lo desde cedo, é que a escola deve proporcionar a seus alunos situações em que se faça a reflexão e discussão sobre a realidade, sociedade..., buscando assim, formar cidadãos críticos, capazes de interferir na realidade a fim de modificá-la.
Além disso, a escola deve exercer sua função social, através do cultivo de bens culturais e sociais.
É nesse universo, que se toma constantemente decisões e posicionamentos, que o aluno vivencia situações diversificadas que favorecerão o aprendizado, para participar ativamente da vida científica, cultural, social e política do país e do mundo.
É essencial a ligação da escola com questões que envolvam educação, regras, limites, respeito ao próximo e ao patrimônio escolar. Com essa perspectiva que se pensou nesse projeto para formular as regras necessárias para o laboratório de informática da escola.

sábado, 20 de setembro de 2008

Elaboração das Regras e Produção dos Cartazes.




Clique nas fotos para vê-las em tamanho ampliado.













quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Regras do Laboratório

Para manter os laboratórios em bom funcionamento, as seguintes orientações devem ser respeitadas, sendo terminantemente proibido:

- Usar o equipamento de forma inadequada como:colar adesivos, dar socos nos computadores, desligar os computadores de forma errada;
- Modificar a localização de periféricos e componentes dos computadores de onde estão instalados, tais como monitor, teclado e mouse;
- Fazer download e instalação de qualquer tipo de arquivo não relacionado às atividades escolares e sem permissão;
- Limpar os computadores com materiais inadequados que possam danificar os mesmos;
- Imprimir arquivos excessivamente grandes, com fundos coloridos;
- Imprimir textos e/ou figuras que não estejam diretamente relacionados com as atividades da Escola;
- Abrir arquivos que podem conter VÌRUS;
- Consumir ou portar alimentos e bebidas nas dependências dos laboratórios;
- Alterar as configurações dos computadores e programas;
- Trocar os papéis de parede;
- Colocar os dedos na tela, ou objetos como por exemplo: caneta, lápis...;

- Imprimir arquivos sem a autorização do professor;
- Acessar chats, páginas de relacionamentos ou de conteúdos impróprios ou outras não relacionadas às atividades escolares;
- Usar celular no laboratório;

- Deixar de realizar os trabalhos que a professora solicitar;
- Brigar com os colegas no laboratório, correr no laboratório;
- Ter atitudes desrespeitosas com os professores e colegas;
- Desobedecer ao professor ou a professora do laboratório;


Obs. Cada aluno é responsável pelo equipamento no período em que estiver fazendo uso desse.

"Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre."
(Paulo Freire, educador brasileiro)